Minha foto
Sou Sonia Novaes,Artista Plástica. Gosto de fotografar a natureza,os pássaros,o cotidiano. Gosto de poesias,escrevo alguns contos das viagens que faço e adoro culinária. Adoro fazer novas amizades e tenho muito carinho,por todos que conheço. Trabalho com artesanatos,cerâmica,patch sem agulha e tear manual. Confecciono colares e brincos de fuxicos. Certas palavras podem dizer muitas coisas; Certos olhares podem valer mais do que mil palavras; Certos momentos nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora; Certos gestos,parecem sinais guiando-nos pelo caminho; Certos toques parecem estremecer todo nosso coração; Certos detalhes nos dão certeza de que existem pessoas especiais, Assim como você que deixarão belas lembranças para todo o sempre: Vinicius de Moraes

quarta-feira, março 12, 2008

Estação Saudade

Estação Anhumas em Campinas-SP
A Sala do Chefe da Estação....
O Maquinista....
Casa de ex-funcionários da FEPASA...
Ah! o Bonde...apenas uma carcaça.....

Que tempo feliz,que foi a época dos trens e bondes.
Quem viveu a época dos bondes em Campinas,pode avaliar o que digo.
Década de 60 ...era o ano de 1968 ainda existiam os bondes.Eles foram retirados quando Orestes Quércia, foi Prefeito de Campinas.
Até hoje não entendi o motivo da retirada dos bondes.
Primeiro que não fazia mal à ninguém,ao contrário, era muito mais saudável uma viagem para qualquer bairro da cidade,de bonde ,porque não poluiam,,e nem atrapalhava ninguém.
Muito melhor do que os ônibus,que além de lotados,ainda muitas pessoas viajavam em pé,e caiam uma sobre as outras nas curvas, em que os motoristas,parece que faziam de propósito,viravam com tanta força,que muitas pessoas chegavam a se machucar.
E vieram as empresas de Transportes Coletivos e retiraram os bondes...lembro bem do caos que virou.Muitas pessoas perderam o emprego e acabaram por não resolver o problema que alegaram: que os bondes atrapalhavam os carros no centro da cidade...que mentira...em muitos países os bondes permanecem até hoje,sem atrapalhar em nada.Desculpa esfarrapada.
Em 1968 eu cursava o primeiro colegial,lembro que pegava o bonde na esquina da minha casa.E ia toda contente,viajando no meu mundo de sonhos...sentindo aquele ventinho batendo no meu rosto...como eu era feliz.depois lá vinha o cobrador das passagens...não sei como ele não caía...rsss...se equilibrava nos estribos,tinha era muito coragem,pois um pequeno deslize...pronto...corria o risco de se acidentar.E olha que as vzs tinha motorneiro que corria prá xuxú...rsss...e lá ia eu para o colégio,descia bem em frente da escola:Colégio Progresso na Av.Júlio de Mesquita.
Ah! era bom de mais...que saudades....
Agora lá estão alguns deles na estação Carlos Gomes,abandonados a própria sorte...
Mas ainda existem pessoas que são tão saudosistas quanto eu...
Reuniram alguns engenheiros,mecânicos,serralheiros e pessoas anônimas,fundaram uma ONG para recuperar algumas Locomotivas e Bondes .São pessoas voluntárias,que nos finais de semana se juntam para recuperar o que restou de todo esse vergonhoso desmonte, que foi a Via Férrea.
Não ganham nada,apenas por não deixarem morrer um transporte tão maravilhoso que muitos tiveram o prazer de desfrutar..
Todos podem colaborar de alguma maneira...é só entrar no site:www.estacaoanhumas.com.br
E lá fui eu,com meu filho, passear de Maria Fumaça,num final de semana...fechei os olhos e voltei na década de 60 para reviver os anos dourados...tudo passa nessa vida...até trem passa...uva... também...passa...rsss...

4 comentários:

Sonia disse...

Que delícia de post, Sonia! Tenho saudades do tempo em que eu viajava de trem, pela Paulista! Isso quando eu era criança!
Beijos!

Sonia Novaes disse...

Sonia

Também viajei muito pela Paulista e FEPASA.
Se não tivessem desmantelado toda malha férrea,ainda poderáimos estar desfrutando de um meio de transporte tão seguro que era o trem não é mesmo?
Bjs

Deise Pacheco disse...

Oi Sônia visitar seu blog foi uma viagem linda, obrigada por nos proporcionar essa linda história deu vontade de retornar a uma infância distante, seu blog me emocionou, abraços afetuosos sou amigona da Bete do Rio de janeiro.
Namastê. Deise

Sonia Novaes disse...

Oi,Deise!
Fico feliz quando leio palavras carinhosas que nem as suas.
Que bom que as minhas histórias traz alegrias para quem as lê.
Isso me incentiva a escrever cada vez mais.
Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...