Minha foto
Sou Sonia Novaes,Artista Plástica. Gosto de fotografar a natureza,os pássaros,o cotidiano. Gosto de poesias,escrevo alguns contos das viagens que faço e adoro culinária. Adoro fazer novas amizades e tenho muito carinho,por todos que conheço. Trabalho com artesanatos,cerâmica,patch sem agulha e tear manual. Confecciono colares e brincos de fuxicos. Certas palavras podem dizer muitas coisas; Certos olhares podem valer mais do que mil palavras; Certos momentos nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora; Certos gestos,parecem sinais guiando-nos pelo caminho; Certos toques parecem estremecer todo nosso coração; Certos detalhes nos dão certeza de que existem pessoas especiais, Assim como você que deixarão belas lembranças para todo o sempre: Vinicius de Moraes

domingo, setembro 07, 2008

Minha amiga Mariza Zacura

Eis a minha amiga Escultora Mariza Zacura....
Uma das muitas esculturas que a Mariza faz....
Essa á DONANA,uma parteira alemã,foi a primeira escultura em fibra de vidro de Mariza,que se inspirou em uma pessoa da cidade onde nasceu e passou boa parte de sua vida,na cidade de Santa Cruz do Rio Pardo.
Ente sombrinhas e sapatos,Mariza se realiza como artista...
O gato em fibra de vidro,
indica o ateliê da artista em Arraial D'Ajuda....
Falar dessa grande amiga e escultora Mariza Zacura,é uma honra para mim.
Conheci a Mariza na década de 90, aqui em Campinas.Eu estava realizando uma Coletiva no Banco do Brasil,quando fui procurada por ela,para avaliar seu trabalho.
Simpatizei com ela no mesmo instante.Ficamos amigas para sempre.
Na época,Mariza tinha um belo Ateliê no Condomínio São Conrado no Distrito de Souza.Marcamos um entrevista e lá fui eu, numa bela amnhã,conhecer seu espaço.
Fiquei deslumbrada com tudo que havia lá...a entrada para o ateliêr já havia uma ecultura enorme em cimento.A casa era rústica e telhado em sapé,bem original, e muito acolhedora.
Além das esculturas confeccionadas em fibra de vidro, havia tb as de bronze ,pedra sabão e pedra talco.
O trabalho da Mariza é exclusivamente baseado na figura da mulher, não a escultural como vemos normalmente,mas no charme das mulheres obesas.
Mariza valoriza a beleza feminina em suas varias atividades.As esculturas chegam a três metros de altura, além da da beleza das formas, o bom humor sempre prevalece.
A história dela é bem interessante.
Marisa é descendente de árabe e italiano.Seu pai tinha um Armazém de secos e molhados,na pequena cidade de Santa Cruz do Rio Pardo,quase na divisa de SP,com o Paraná.Foi lá que Marisa,nasceu e se criou.A inspiração das mulheres,se baseia nas "mulheres de bordel"...porquê?
Mariza conta,que quando era pequena,ficava sentada nos degraus da loja do pai,e via as mulheres passarem na calçada,todas muito bem maquiadas,vestidas com roupas alegres e coloridas.Ficava encantada de ver aquelas mulheres belas,desfilando em plena luz do dia todas enfeitadas.E que aquela imagem,ficou gravada na memória dela.Os decotes ousados,chamavam-lhe a atenção.Quando cresceu, foi ser professora e empresária,só mais tarde quando mudou-se para Campinas,onde os filhos vieram para estudar,que resolveu fazer aulas com a Escultora Cristina Roese e de lá para cá,nunca mais parou.
Resolveu então homenagear as mulheres da sua infância...além das obesas...as "meninas" da vida.
Cada escultura leva um nome das muitas mulheres que conheceu:Tuta,Dindinha,Marianita,Catarina e vários outros nomes engraçados.A cada uma delas,deu forma e humor...os vestidos coloridos, os decotes ousados,muitas vzs aparecendo o bico do seio ,são representados com graça em suas esculturas.
É uma artista conhecida no Brasil e Exterior,já perdeu a conta de quantos prêmios recebeu em suas exposições.Hoje mora em Arraial D'Ajuda,numa vila de pescadores e tem atelier na estrada que vai para Trancoso.Uma das esculturas que mais gosto,é a DONANA,uma escultura enorme,que era uma parteira na cidade de Sta.Cruz.Mariza conta,que ficava sentada na porta e via a tal da Donana passar com uma maleta preta e sempre apressada.Perguntava para mãe,quem era a mulher e o que havia dentro da mala preta.E a mãe para brincar com ela,dizia que a mulher era parteira e dentro havia criancinhas.Diz ela que nunca esqueceu a tal da história.E a primeira escultura que fez em fibra de vidro,homenageou a tal parteira que carrega no braço,uma bolsa com crianças dentro...kkk....
A Mariza esteve aqui em casa há 15 dias atrás e nos divertimos,lembrando a época boa das exposições que eu realizava aqui em Campinas.Ela é muito engraçada,rimos à valer...
Ela possui um site...quem quiser ver toda sua obra acesse:www.meninasdezacura.com.br

8 comentários:

Cláudia disse...

Lindas obras, cada vez que passo aqui me surpreendo com as coisas que você acha por aí!

Sônia, passa lá no meu blog, tenho uma surpresinha pra vc!

bjs

Sonia Novaes disse...

Claudia

Outro dia te vi na praça,precisamos combinar um café.
Bjs

Carla disse...

Puxa...que delicia poder rever a Marisa! Depois que fechamos a loja perdi o contato com ela. Sonia passa meu e-mail pra ela, pleaseee?
Beijosss!

Sonia Novaes disse...

Carla

Qual é o e-mail?
Abços

Marta Bellini disse...

Noossa, que esculturas lindas!

Moro em Maringá, fiz nas paredes de minha casa e chão mosaicos. Não sou artista plástica, sou professora que adora cacos, de madeira, de panos, de azulejo...

abç
Marta

Sonia Novaes disse...

Marta

As esulturas da Mariza são engraçadíssimas e ela tb é formidável.Quando nos encontramos damos muitas risadas juntas...adoro mosaico.
Bjs

Marina disse...

por onde anda a Mariza ??? ela não tem mais o site dela ???

JOSINO disse...

Parabéns ``DNA. MARIZA´´ pelas obras, fico muito feliz em saber que esteja fazendo muito sucesso e que esteja bem.

ex-aluno
Josino Pereira
Santa Cruz do Rio Pardo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...