Minha foto
Sou Sonia Novaes,Artista Plástica. Gosto de fotografar a natureza,os pássaros,o cotidiano. Gosto de poesias,escrevo alguns contos das viagens que faço e adoro culinária. Adoro fazer novas amizades e tenho muito carinho,por todos que conheço. Trabalho com artesanatos,cerâmica,patch sem agulha e tear manual. Confecciono colares e brincos de fuxicos. Certas palavras podem dizer muitas coisas; Certos olhares podem valer mais do que mil palavras; Certos momentos nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora; Certos gestos,parecem sinais guiando-nos pelo caminho; Certos toques parecem estremecer todo nosso coração; Certos detalhes nos dão certeza de que existem pessoas especiais, Assim como você que deixarão belas lembranças para todo o sempre: Vinicius de Moraes

terça-feira, junho 08, 2010

Carlos Drummond de Andrade
















E agora, José?

A festa acabou,

a luz apagou,

o povo sumiu,

a noite esfriou,

e agora, José ?

e agora, você ?

você que é sem nome,

que zomba dos outros,

você que faz versos,

que ama protesta,

e agora, José ?



Está sem mulher,

está sem discurso,

está sem carinho,

já não pode beber,

já não pode fumar,

cuspir já não pode,

a noite esfriou,

o dia não veio,

o bonde não veio,

o riso não veio,

não veio a utopia

e tudo acabou

e tudo fugiu

e tudo mofou,

e agora, José ?



E agora, José ?

Sua doce palavra,

seu instante de febre,

sua gula e jejum,

sua biblioteca,

sua lavra de ouro,

seu terno de vidro,

sua incoerência,

seu ódio - e agora ?



Com a chave na mão

quer abrir a porta,

não existe porta;

quer morrer no mar,

mas o mar secou;

quer ir para Minas,

Minas não há mais.

José, e agora ?



Se você gritasse,

se você gemesse,

se você tocasse

a valsa vienense,

se você dormisse,

se você cansasse,

se você morresse…

Mas você não morre,

você é duro, José !



Sozinho no escuro

qual bicho-do-mato,

sem teogonia,

sem parede nua

para se encostar,

sem cavalo preto

que fuja a galope,

você marcha, José !

José, pra onde ?

8 comentários:

Bete disse...

Olá Sonia!
Como é bom passar por aqui.Ler Carlos Drummond é sempre um prazer e ver estas flores maravilhosas é um colírio parta os olhos.
Bjs e uma ótima quinta feira.

. disse...

Bete

Eu adoro as poesias do Drummond...uma vez quando estivemos no Vale do Jequitinhonha,fomos conhecer Itabira,cidade dele...
Em frente do Teatro há uma escultura em bronze do Drummond...e em varios lugares há placas com pedaços de poesias dele...maravilhoso...
Bjs

Elisa Graciela disse...

Hola Sonia, muy lindo tu blog!
Soy de Buenos Aires, Argentina.
te mando un beso

O mudo que fala disse...

Muito bonito!

armalu disse...

que maravilha todo o seu blog, e agora o José, me fez sentir um pouco o José, que penso há um pouco em todos nós, perante tal beleza.

. disse...

Elisa

Amei conhecer Buenos Aires o ano passado.Povo muito simpático...
Beijos brasileiros para vc também querida.

. disse...

O mundo que fala...
Obrigada pela sua presença...
Bjs

. disse...

Armalu

Nosso poeta mineiro,era maravilhoso,deixou-nos belas poesias.
Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...