Minha foto
Sou Sonia Novaes,Artista Plástica. Gosto de fotografar a natureza,os pássaros,o cotidiano. Gosto de poesias,escrevo alguns contos das viagens que faço e adoro culinária. Adoro fazer novas amizades e tenho muito carinho,por todos que conheço. Trabalho com artesanatos,cerâmica,patch sem agulha e tear manual. Confecciono colares e brincos de fuxicos. Certas palavras podem dizer muitas coisas; Certos olhares podem valer mais do que mil palavras; Certos momentos nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora; Certos gestos,parecem sinais guiando-nos pelo caminho; Certos toques parecem estremecer todo nosso coração; Certos detalhes nos dão certeza de que existem pessoas especiais, Assim como você que deixarão belas lembranças para todo o sempre: Vinicius de Moraes

quarta-feira, dezembro 15, 2010

Li,gostei e compartilho...

Faltam passarinhos, sobram pernilongos
Quem mora no interior de São Paulo está convivendo com milhões de pernilongos. Seca? Efeito estufa? Lixo? Falta de passarinho?
Ops! Falta de passarinho?
Isto mesmo! Um passarinho come até 150 pernilongos/dia.
Com a falta deles, os pernilongos fazem a festa em nossas casas.
Faltam passarinhos por causa de desmatamento?
Um pouco.
Faltam passarinhos por causa dos venenos que colocam nas plantações?
Isto também contribui.
Estes venenos agrícolas são verdadeiras armadilhas para eles, que comem e depois morrem envenenados.
Faltam passarinhos porque a casa de cada um de nós está cada vez mais anti-ecológica?
Sim, com certeza!




Você me pergunta:
"Como assim? Minha casa está cada vez mais anti-ecológica? Por que?"
Faz tempo que eu tenho notado este fenômeno.
São 4 mudanças fundamentais no quesito "jardim":
1) Cada vez mais as casas estão impermeabilizadas.
Ou seja, progressivamente os lugares onde existiam plantas (grama, jardim, árvores, etc.) estão sendo cimentados.
Isto diminui, obviamente, os espaços onde os passarinhos e outros animais podem encontrar abrigo, alimento, etc;
2) As grandes árvores em frente das casas fazem sombra, refrescam a casa, mas geram folhas (sujeira segundo algumas donas de casa) e diminuem a iluminação dos postes de luz.
Ruas com muitas árvores grandes são mais escuras.
Por causa do medo de assalto, as árvores, principalmente as grandes, estão sendo cortadas ou não substituídas quando morrem:
ganha-se em luz e menos "sujeira".
Hoje são comuns casas sem árvores na frente.
Andei por 3 bairros neste domingo e todas as árvores de grande porte que eu vi são árvores antigas, plantadas décadas atrás.
Nada de árvore de grande porte plantada recentemente.
Quando plantam, são árvores de pequeno porte e praticamente nunca árvore frutífera.
3) Existem poucas áreas públicas e estas áreas públicas estão com pouca ou sem árvores e arbustos nativos.
Isto é importante!
Os passarinhos de sua região estão adaptados a comer frutos de árvores nativas. Por isto é importante que estas árvores (arbustos, etc.) tenham preferência na hora de serem compradas e plantadas.
Dezenas destas plantas estão desaparecendo.
Quando foi a última vez que você comeu bacaúva?
Talvez você nem conheça esta fruta, tão consumida há 60 anos atrás.
Hoje, com a Internet qualquer um pode descobrir quais são as plantas nativas de sua cidade, arrancar o cimento do quintal e fazer um belo de um jardim.
E ter a alegria de alimentar outros seres vivos.
4) A estética preferida nos jardins atualmente geram um deserto verde: coqueirinhos, coqueirinhos, mais coqueirinhos.
Para quebrar um pouco a monocultura de coqueiros, se coloca outras plantas que não produzem frutos, nem flores e nem dão abrigo aos animais.
Ou seja, um deserto verde.
Tudo isto diminui a quantidade de alimentos e abrigo para os passarinhos. Diminui a quantidade deles que se alimentam de pernilonogos, que vão na sua casa te picar, que te fazem acordar a noite.
Para contornar tal incômodo você coloca veneno nos quartos para você e sua família se intoxicarem.
Está na hora de cada um assumir a responsabilidade e transformar sua própria casa em uma área onde a ecologia é respeitada.

Por Regis Mesquita

8 comentários:

Tadashi disse...

Sonia ... Li o relato de autoria de Regis Mesquita . Endoço tudo que voce endoçou ... Nunca tinha parado para pensar nisso até agora. Olha para mim , foi uma chacoalhada daquele tamanho , pois a minha casa mesma ,tudo está coberto por piso ceramico ... O pouco de verde que existe , são vasos de plantas ornamentais , mas sem a mínima condição de abrigar as pobres avezinhas . Estou sendo egoísta demais ,em nome de deixar tudo limpinho... Reconheço isto. O único lugar em casa , onde os passarinhos fazem os seus ninhos , são nas aberturas que existem no telhado da casa ... Sinto que isto só não basta ... Precisamos sim passar a nos preocuparmos mais , em dar mais abrigo às nossas avezinhas , e assim dar cabo aos pernilongos que realmente tanto nos aborrecem ... Obrigado , Sonia , obrigado , Regis, por este alerta .

VERA LÚCIA disse...

Sonia. Aqui no meu lindo quintal
(viu que pretensão ? rsrs) na Tijuca eu tenho um pé de pitanga e uma goiabeira. Ficam cheios de pássaros e eu nem consigo comer uma goiabinha ou as pitangas, que eu adoro. Mas, não faz mal. Adoro ver os passarinhos bicando as frutas. Mas, nem por isso me livro dos mosquitos. Minhas pernas parecem um tecido de bolinhas vermelhas. rsrsrs
Mas conheço muita gente que acha a maior bobagem ocupar meu quintal com a terra. Uma diz - "Se fosse você mandava colocar uma Jacuzzi" e outra acha melhor cimentar tudo para não dar trabalho. Não é mole, né ? As coisas estão acontecendo debaixo do nariz de todos nós e todo mundo com antolhos, não enxergando nada. Caraca ! Assim não dá !
Beijos indignados ! rsrsrs
Vera

Flora Maria disse...

Paarabéns, Sonia !!!
Perfeita a sua análise do problema que ninguém quer ver.
O que acontece é que quem corta uma árvore ou não planta nenhuma, imagina que ela é uma só agindo assim, e uma só não tem problema algum ! Mas muitos agem assim ! E aí é que está o perigo...

O Homem prefere o carro às árvores, o quintal cimentado e limpinho às árvores que sujam e escurecem. Até quando vamos suportar essa vida tão distante da Natureza ?

Só Deus sabe...

Beijos também indignados !!!

. disse...

Tadashi

Vc já viu pica-pau na cidade?
Eu nunca tinha visto,pelo que sei do bichinho,ele vive nas matas,comendo bicho de pau podre,não?
Agora eles não tem mais árvores para picar,porque estão desmatando tudo,então como aqui no bairro que moramos ainda tem algumas,eles estão migrando para cá.
Isso é uma tragédia...
Abços

. disse...

Vera Lúcia

Tem muita gente ignorante nesse mundo.Vc acredita que tenho uma vizinha,que em frente e ao lado da casa dela,tem uma porção de ipês brancos e rosas.Um dia conversando com ela,me disse que estava querendo arrancá-las,porque faziam muita sujeira na calçada dela,eu surtei com ela.Passei um sermão,e disse mais que ipês são árvores brasileiras,símbolo do Brasil e se alguém cortar um galho,poderá ser preso.
Ela não cortou depois disso,ms tb não falou mais comigo...
Nem me importei,....porque detesto gente ignorante.
Bjs

. disse...

Flora Maria

Nossa lembro com saudades da sua casa no meio desse bosque.
Temos que divulgar para amigos,sobre plantar mais árvores.Meu marido plantou mais de trinta pés de árvores,das sementes que catamos pelo bairro e vai presentear os amigos...
Bjs

Tadashi disse...

Realmente Sonia ,pensando bem no seu comentário ,os pica paus estão migrando para a cidade , por não mais encontrarem nada no seu habitat normal ... Tudo por culpa do próprio homem ... Precisamos passar a denunciar , promover movimentos em prol dos pobres animaizinhos que estão perdendo o seu espaço na natureza e caminhando para a extinção ...
abçs.

. disse...

Tadashi

Cada um de nós pode divulgar no seu blog,ou no orkut,ou via e-mail,para um número maior de amigos,sobre a importância de plantarmos mais árvores,de frutas principalmente...
Abços

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...