Minha foto
Sou Sonia Novaes,Artista Plástica. Gosto de fotografar a natureza,os pássaros,o cotidiano. Gosto de poesias,escrevo alguns contos das viagens que faço e adoro culinária. Adoro fazer novas amizades e tenho muito carinho,por todos que conheço. Trabalho com artesanatos,cerâmica,patch sem agulha e tear manual. Confecciono colares e brincos de fuxicos. Certas palavras podem dizer muitas coisas; Certos olhares podem valer mais do que mil palavras; Certos momentos nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora; Certos gestos,parecem sinais guiando-nos pelo caminho; Certos toques parecem estremecer todo nosso coração; Certos detalhes nos dão certeza de que existem pessoas especiais, Assim como você que deixarão belas lembranças para todo o sempre: Vinicius de Moraes

quinta-feira, janeiro 13, 2011

VERGONHA NACIONAL...ESTOU DE LUTO!

Há 4 anos atrás,fui vítima de uma tragédia dessa natureza.Fui arrastada em meio a uma correnteza,na Avenida Princesa D'Oeste aqui em

Campinas.Não morri por milagre.Eu estava descendo a avenida,quando uma tromba d'água me pegou de surpresa.Veio do nada,nunca

consegui entender direito o que aconteceu.Estava chovendo ,mas era uma chuva fraca,derrepente a chuva caiu com tudo,só percebi a

gravidade,quando vi os carros subindo na contramão,em minha direção.Resolvi então encostar o carro no meio fio e esperar a chuva

parar...mas não parou..aumentou e aumentou tanto que meu carro começou a balançar,tal era a força da água.Comecei a rezar,porque

tenho pavor de água,esse é um dos motivos,que nunca consegui a aprender a nadar:pânico.Eram três da tarde,mas parecia 10 da

noite,nunca esqueci o barulho dos trovões e dos raios.Parei em frente uns prédios,todo mundo na janela e eu lá,apavorada.Como o carro

balançava muito,comecei a temer pelo pior,comecei então a buzinar para alguém me socorrer,porque a rua virou um rio,quando senti meus

pés molhados,vi o que realmente estava acontecendo,entrei em pânico e foi tudo muito rápido,quando percebi já estava com água nos

meus joelhos,vi que eu tinha que sair do carro imediatamente,pulei para o banco do passageiro ,mas já era tarde,o carro começou a flutuar

e descer na correnteza em direção ao Córrego que tem na avenida.Abri a porta do carro e fui jogada com água e tudo para dentro do carro

novamente,a porta fechou sobre minha perna e senti pela dor que eu havia quebrado a perna,mas mesmo assim empurrei de novo e cai no

asfalto,voces não imaginam o que é cair numa correnteza,fui rolando e me agarrei numa árvore,o carro foi embora e eu fiquei lá,até ser

socorrida pelos porteiros de dois prédios.Nunca esqueci aquela tragédia,quando vejo essas cenas que estão estampadas na TV,relembro o

pesadelo,que passei,porque fui vítima da mesma tragédia.E água,não tem como vc escapar,quando vc percebe já está no meio dela e

salve-se quem puder.Mas faz bastante tempo que venho divulgando coisas desastrosas que tenho visto nas viagens que faço.Passei pelo

Paraná e Santa Catarina,recentemente e vejo com indignação o que as pessoas tem feito na natureza.O desmatamento vergonhoso bem

embaixo do nariz de todas autoridades Municipais,permitindo que pessoas construam suas casas em Reservas Ambientais,Pousadas e

Hotéis de luxo,no meio das serras,uma vergonha nacional.Em Floripa mesmo,é só vc pegar um barco ,uma lancha e andar pela costa da

Lagoa da Conceição e verá o que estou dizendo,ninguém respeita nada,casas no meio das áreas de preservações,nas encostas das

dunas,voces não tem noção do que vi por lá.Quando começam a acontecer essas tragédias,todos ficam perguntando o porquê...está aí.
Onde há nascentes de água,onde há rios e córregos,não pode ser construidas casas,nem hotéis,mas a própria Prefeitura fecha os

olhos,porque entra muito dinheiro nesse tipo de coisa.Fiscalização não há...sempre o dinheiro fala mais alto.Aqui onde moro,não sobrará

uma única área verde em menos de dois anos,haja vista o que as grandes Empreiteiras estão fazendo na zona rural de Barão Geraldo.Vão

fazer um Pólo Tecnológico de grande porte,onde só se houve falar que irá gerar mais de 10.000 empregos numa área tão pequena que

voces não calculam,compraram algumas fazendas antigas nos arredores de Barão e lá,serão jogados caminhões de

concretos,impermeabilizando o solo,onde antes era apenas matas com árvores belíssimas,já foram cortadas milhares delas,uma

devastação sem precedentes.Os bichos estão vindo para cá,outro dia vimos um casal de ouriços andando na fiação dos telefones.
A que ponto chegamos,não?
Pobre humanidade.

25 comentários:

Anabela Jardim disse...

ainda há tempo de reverter essa dura realidade. Basta o homem querer. Na verdade a maior parte das ações independem da iniciativa governamental. O homem polui e devastada passando por cima das leis e driblando a fiscalização.

VERA LÚCIA disse...

Sonia. Estou já com os olhos inchados de tanto chorar (o que mais posso fazer diante de tanta tristeza ?) ao assistir os noticiários. Tento não ligar a TV, mas não consigo... O que podemos falar ? Eu peço muito a Deus que dê conforto (e isso é possível depois que alguém perdeu 15 pessoas de uma mesma família ?) às pessoas que estão lá, sofrendo tanto. Também peço a Deus discernimento aos homens para que parem de destruir a natureza. Enfim, peço a Deus também que nos dê coragem para continuar a ver tanta tristeza e tantos erros e não desistir da nossa fé. Espero que Ele me atenda !
Fiquei muito impressionada com o seu relato. Puxa ! Deve ter sido uma experiência horrível e muito traumatizante. Coitada... Eu também tenho pavor de água e, por isso, igual a você, nunca aprendi a nadar.
Sonia, querida, é muito triste termos que falar dessas coisas num espaço em que sempre conversamos sobre coisas tão bonitas, mas é inevitável, não é ?
Beijos, com carinho.
Vera

Flora Maria disse...

Impressionante seu relato, Sonia ! Imagino o que passou...
Eu costumo dizer que aprendemos por bem ou por mal, até podemos escolher... E parece que o Homem está optando pelo mal.

Dói muito ver tanta devastação, tantas vidas perdidas e casas destruídas. Quantas e quantas vezes já assistimos esse tipo de coisa acontecendo, não é mesmo ?
Quando vamos prevenir, em vez de remediar ?

Que Deus nos ajude e ilumine !

Beijo

Tadashi disse...

Nossa,Sonia ...Que perigo voce viveu ... Deus esteve presente naquele momento , para que nada mais grave ocorresse com voce . A tragedia que assola algumas regioes do pais no momento , é realmente algo que todos ,principalmente os governantes tem que tomar consciencia , e todos comecarem a tomar acoes para impedir novas ocorrencias...O governo coibindo construcoes em situacoes irregulares e a populacao planejando melhor as suas construcoes .
Sonia , estou sem os acentos ... Desculpe - me os erros de grafia , mas acho que da para entender ...
bjs

Cores do Caminho d´Alice.. disse...

Sonia, fiquei chocada com sua hitoria, mas da pra se ver que vc é uma mulher forte e guerreira que nao se entrega tao facil... sei que uma lembrança dessas nao se apaga, se Deus te deu uma nova chance, nao abandone seus propositos e seja MUITO FELIZ.
Bjus.
Alice.

Cristina Welle disse...

Sônia...seu relato é assustador!!! precisamos nos mudar...insisto no descaso de cada um com seu próprio lixo... e precisamos também ser mais exigentes com o poder público, eles foram eleitos como prestadores de serviço para a população...e dela tem que cuidar...me chocou muito saber que as prefeituras receberam o aviso das chuvas e não avisou a população. se isso fosse feito, provavelmente não conseguiriam impedir perdas materiais, mas com certeza a tragédia seria humana seria menor.
Forte abraço, Cris

msgteresa disse...

Oi,Sônia!
Estava lendo o seu dramático relato e, o mais triste de tudo é assistirmos à repetição de todas essas cenas terríveis... Moro na cidade do Rio de Janeiro, e infelizmente, conhecemos a dor que está contida nas estórias de tantas enchentes... Muitas vidas perdidas e dilaceradas!
Aqui estamos todos de luto. E a nação inteira assiste nos noticiários o drama dantesco das nossas cidades serranas. Parece cenário de fim do mundo... Mais de quinhentas mortes e a destruição de cidades, formam o trágico cenário dessa tragédia... A maior na História do Brasil! É simplesmente aterrorizante... E todos queremos acordar deste pesadelo!
Eu também concordo com a sua revolta... Eu mesma tenho ficado indignada com o descaso das autoridades competentes ( ? ) e mesmo com a falta de educação ambiental de nossa população... No bairro da zona oeste do Rio, onde eu moro, a voracidade da especulação imobiliária cresce de forma alarmante, destruindo as áreas verdes remanescentes e trazendo uma desordenada ocupação urbana... Quem nos salvará, se o dinheiro "compra tudo"? E o que dizer das tragédias que são geradas nesses atos cruéis de desmatamento e poluição?
Estou de luto não só pelo sofrimento do povo aqui do estado do Rio... Estou de luto também pelas atrocidades ambientais que geram destruição e dor por todo o Brasil!
Meu abraço solidário!
Teresa
( do blog "Se essa lua fosse minha" )

palmas disse...

Sônia.
Ouve-se o gemido de uma Nação.
Face molhada, coração contrito, muita dor.
Súplica.
- Basta um olhar, Senhor!
---x---
Queira desculpar-me. Fui prolixa no texto a seguir, mas o seu relato “Na contramão da tarde”, suscitou-me a escrever.
Abraços enfeitados com letras, pautas e pontuações.
Leilene

palmas disse...

Olá, Sônia!

Relembrar é viver o passado.
Passar a limpo a emoção.
Destacar novidades.
É doar uma chance à mente.
Dar forma ao pensamento.
Por fim,
processar os fatos criando volume que cutuca a aflição antiga,
e aí,
dá pega para questionar o porquê,
do lavar das mãos, daqueles que esquecem que a vida é cíclica.
Mais dias menos dias ela estará à porta...
Ferina indiferença que se faz arma apontada para o alvo. A alma.
Assim, prossegue o marchar dos insensatos - não vêem e nem sentem.
Apenas se emocionam ao contar valores.
Efêmeros bens!
Bastam minutos de altivez da natureza, todos os efeitos de cálculos, em forma de obra do homem são reduzidos a nada.

Sônia

Sua agonia desesperadora, embora ainda dolorida, lhe trouxe mais propriedade para sentir o agrado do cheiro que o mato, com a envergadura de um galanteador, lhe dispensa.
Apesar das implicações, há sentimento no seu coração para aplaudir o espetáculo da fantasia:
quer seja a que emana das cores das aves e das plantas,
ou da sutileza daquela que tenta surpresar pela misteriosa quietude dos lagos,
e ainda,entre tantas alegorias, a mais audaciosa, a alegria - coroa o tempo com a melodia das águas dos mares e dos rios.
Você tem sido diretora por excelência ao escolher seu elenco.
Os protagonistas de seus encantos não ensaiam.
São autênticos!
Não representam, apresentam seus atos em todos os cantos.
Cortinas recolhidas espetáculo constante.
Haja olhos e corações
Esse colar de beleza é fundamental.
Enxergar o belo no mais singelo do ser humano.
Atribui título de nobreza.
– Ser simplesmente GENTE.

Embora tenha ficado estupefata... com a saga de sua vontade de viver.
O que mais me marcou?!
– A mão estendida dos porteiros.
Gente pródiga.
Não viu estorvo para salvar a vida de uma irmã.
Pois, nesses momentos, somos da mesma família. Parentes próximos laçados com afeto e selados pelo amor.

Para você,
Abraços e carinhos empacotados, amarrados com fios brilhantes de luzes da solidariedade.
Leilene

Salmos
32:7 - Tu és o meu esconderijo; tu me preservas da tribulação e me cercas de alegres cantos de livramento
32:8 - Instruir-te-ei e te ensinarei o caminho que deves seguir; e, sob as minhas vistas, te darei conselho.

palmas disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
palmas disse...

Sônia
As repetições do comentário reforçam minha falta de jeito. Por favor, apague essa multidão de cópias
Um grande abraço
Leilene

ROSANGELA disse...

Sonia, estou solidaria com sua dor...seu relato nos comove, imagino o que deve ter passado, sou de São Paulo, aqui a cidade esta totalmente impermeabilizada e suja. O Poder Publico não está nem ai para nada...nesta catastrofe do Rio, qual politico se manifestou?
NENHUM, tantos vereadores,deputados, senadores....CADE? o povo esta a deriva...isso que estamos vendo, está piorando a cada ano...o povo tem que se unir e acabar com tanta mordomia de um Poder que so faz legislar em causas proprias...Me desculpe as minhas palavras, mas estamos de mãos e pes atadados...tantos impostos, tarifas, a troco de nada...todo o dinheiro que entra e para a bandalheira, mensaloes, e corrupção explicita...
O BRASIL É UM PAIS ABENÇOADO E MARAVILHOSO...MAS QUE ESTA UMA VERGONHA NACIONAL QUANTO AO PODER PUBLICO...
SOCORRO...NOS AJUDE SENHOR...SÓ TU PARA DAR UM BASTA!!!!

Flora Maria disse...

Oi, Sonia:

Mostrei para o Gilberto essa sua postagem e ele disse que você poderia fazer parte da nossa Teia Ambiental, divulgando essas agressões a Natureza que vem presenciando !
Todo dia 7 de cada mês, as pessoas integrantes da Teia fazem uma postagem ecológica em seus blogs, e assim vamos deixando nossa mensagem para o mundo.

Ano passado, os meses tiveram temas, mas em 2011 resolvemos fazer tema livre, falando do que encontramos durante o mês, ou de outras situações já vivenciadas ou encontradas em alguma época.

Só pedimos para dizer que está fazendo parte da Teia Ambiental, e coloque o símbolo escolhido e que está no nosso blog.

Seria muito bom contar com sua participação para aumentar nossa Teia Ambiental !

Beijo

. disse...

Anabela

Ontem li uma matéria do jornal Correio Popular,onde a jornalista,falou que todos os prefeitos e vereadores anteriores e atuais,deveriam ser todos presos e descreve com muita clareza o que deveriam fazer e não fizeram.
Achei bem oportuna a matéria e escrevi à ela,parabenizando-a pela coragem de ter dito isso.
Abços

. disse...

Vera Lucia

Eu estava separando umas fotos para postar sobre o desmatamento que vi nessa última viagem quefiz ao sul.Mas não sei o que acontece,estou proibida de postar mais fotos aqui no meu blog.Estou até pensando em criar outro blog,mas foi meu filho de Floripa quem criou este,não sei fazer outro.Estou à espera dele,quando tiver tempo para criar outro para mim.
Parece que vc tem um limite de postagens para fotos,acho que meu limite chegou ao fim...]Bjs

. disse...

Flora Maria

Vou passar lá no seu blog,para ver como faço,para participar também da Teia.
Obrigada...
Bjs

. disse...

Tadashi

Vamos ver se depois que a situação se normalizar,nossos governantes não deixem mais uma tragédia que nem essa ser esquecida.
Bjs

. disse...

Alice

Quem vive um drama desses nunca mais esquece.Quando arma temporal,se estou na rua,procuro abrigo seguro,ontem mesmo entrei em pânico,eu estava num velório,quando dirigimo-nos para o enterro,veio um temporal,mesmo assim as pessoas entraram no cemitério,acredita que não tive coragem?
Entrei em pânico no velório,comecei a rezar e ainda bem que algumas pessoas ficaram ali,se não nem sei o que teria acontecido comigo.Traumo,é complicado.
Bjs

. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
. disse...

Cris

O mundo mudou,as pessoas mudaram,parece que ficaram insensíveis,não é possível.
Anota o que eu vou dizer:
Daqui uns dias as chuvas passarão.Tudo voltará ao normal,em termos,porque para as pessoas que sofreram na carne toda essa monstruosa tragédia,nunca mais serão as mesmas.
A vida voltará ao normal para muita gente,cairá então no esquecimento.
As pessoas no Rio começarão a pensar no Carnaval,e tudo será festa.
Se realmente nossos governantes fossem sérios,o que fariam?
Suspenderiam qualquer tipo de festas,onde o dinheiro público estaria envolvido,não?
Porque não aproveitar esses milhões de reais que serão gastos com essa bandalheira pornográfica que é o carnaval carioca e enviar o dinheiro as vítimas dessa catástrofe,jamais vista no país?
Abços

. disse...

Teresa

Será que aprenderemos a lição?
Será que será dessa vez?
Quando houve o problema em Santa Catarina,há dois anos atrás,a coisa continuou na mesma,porque passei recentemente lá e não vi nada diferente.Apenas as pessoas que sofreram na carne o pesadelo,não se recuperaram até hoje.Tem um vizinho do meu filho em Floripa,que morava em Blumenau.Diz que perdeu tudo,a casa,os cachorros,só ficaram com a roupa do corpo.Faz dois anos que aconteceu isso,diz ele que ñunca mais voltou em Blumenau e viveu a vida inteira lá,não quer saber da cidade nem por foto.
Veja que situação.
Quero pagar para ver.
Bjs

. disse...

Leilene

Em muitas situações que nos encontramos,sempre há uma mão para nos socorrer.
Mãos que dão,mãos que receberão,assim dizia minha avó que era sábia.
A vida nos ensina muitas coisas,portanto sejamos simples na nossa maneira de viver,sem orgulho,sem pretensões,não é mesmo?
Bjs

. disse...

Rosangela
Nossos nobres políticos não deram a cara para bater.
Não vi nenhum deles,sabe porquê?
Não é ano de eleição,se fosse,cara amiga,estariam todos ali de braços dados querendo aparecer.
O COngressistas estão de férias,que nem os estudantes,tiram férias duas vzs por ano.
Temos que lutar para acabar com essa mamata.E para que 30 acessores?Deputados tem mais...
Não podemos nos dar o luxo de ter uma empregada,e essa corja tem milhões,o que é isso?
Acessores para quê?Para fazer nada...
Vejo aqui em Campinas,o que fazem os acessores,nada...ganham no mole...uma VERGONHA!
O povo tem que se unir para acabar com essas mordomias ,tem que ser agora.
Povo unido,jamais será vencido.
Bjs

meu cachixo!!Recomeçar sempre disse...

O que falar!!!é uma situação de impotência....eu tinha seis anos e ficava na porta da loja do meu tio na R 25 de março depois de uma enchente para vender o saldo das camisas e meias da loja dele!!! E nada mudou tenho 60 anos hoje, durante anos o poder publico,o progresso e os homens só agravaram a situação. O que vemos nos últimos anos é a violência da natureza assustadora.É de estarrecer o que aconteceu com você em plena Campinas,e o que está acontecendo no Rio, precisa de uma explicação melhor do que a quantidade das chuvas.Como o poder publico deixa construir casas em lugares de risco!!!?? Não vamos nos esquecer de Niteroi o ano passado,em cima de lixo!!!Nem consigo ser coerente diante do seu relato e das coisas que vejo e leio me desculpe.....eu só penso que eu não consigo ver uma luz no fim do tunel....chega o verão e as tragédias juntas.FIQUE COM DEUS ....AMIGA...BJJJSSS

. disse...

Mara

Fico as vzs desculpe do termo "enojada" de ver calamidades que acontecem bem embaixo de nossas vistas.
Hoje passou uma reportagem no Jornal Nacional,sobre os nobres Vereadores e Prefeito da cidade de Dourados(MT),que quebraram a cidade em todos os setores:Educação,Saúde,Transportes,Benfeitorais....etc...por desvio de verbas,uso inadequado do dinheiro público,as creches e escolas todas trincadas,emboloradas,os remédios dos hospitais e Centro de Saúde,todos vencidos,crateras na rua,ao invés de asfalto decente,enfim tudo abandonado,um verdadeiro caos.Foram todos afastados,presos em setembro do ano passado.
Pasmem:estão todos soltos,respondendo a processos em liberdade.
Como pôde uma coisa dessa,como um Juiz pode soltar uns indivíduos desses?
Em que país moramos?Onde vai para cadeia,ladrão de galinha por 10 anos e uns caras desses soltos?
Apareceram numa filmagem escondida,se vangloriando das propinas recebidas,com escárnio e ainda por cima gozando na nossa cara,como se fôssemos palhaços de circo...
Tenho "NOJO" desses caras...se esse fosse um país sério,estariam todos apodrecendo na cadeia.
POBRE BRASIL...
Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...