Minha foto
Sou Sonia Novaes,Artista Plástica. Gosto de fotografar a natureza,os pássaros,o cotidiano. Gosto de poesias,escrevo alguns contos das viagens que faço e adoro culinária. Adoro fazer novas amizades e tenho muito carinho,por todos que conheço. Trabalho com artesanatos,cerâmica,patch sem agulha e tear manual. Confecciono colares e brincos de fuxicos. Certas palavras podem dizer muitas coisas; Certos olhares podem valer mais do que mil palavras; Certos momentos nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora; Certos gestos,parecem sinais guiando-nos pelo caminho; Certos toques parecem estremecer todo nosso coração; Certos detalhes nos dão certeza de que existem pessoas especiais, Assim como você que deixarão belas lembranças para todo o sempre: Vinicius de Moraes

domingo, dezembro 09, 2007

O encontro inesquecível

Essa é a D.Maria...mais parece um anjo descido do céu....
É uma pessoa fascinante,como poderia eu esquecê-la?
Mestre Tibúrcio...vejam a figura da mulher grávida....
As cachaças mineiras...um espetáculo de cores e embalagens maravilhosas...
Cestos de palha e de bambu,juntos com as lamparinas de latas de massa de tomate e milho verde...he!he! esse é o nosso Brasil!

Continuando pelas minhas "andanças" emMinas Gerais....Foram várias emoções por toda viagem,mas a que mais aqueceu meu coração foi o encontro com D.Maria.Quando parávamos em uma nova cidade, a primeira coisa que fazíamos era conhecer o Mercado Municipal e a Associação dos Artesãos local..Pernoitamos na bela cidade de Montes Claros.No dia seguinte antes de irmos embora,fomos conhecer o Mercado Municipal.Tirando BH,esse foi um dos mais bonitos que vimos por todas as cidades que passamos.Muito organizado e com vários boxs,contendo de tudo.Fiquei apaixonada por um trabalho em madeira, esculturas feitas pelo Mestre Tiburcio,uma das que mais me chamou atenção,era a figura de uma mulher grávida e dentro do ventre,aparecia a criança.Uma coisa de louco,as outras também eram belíssimas, e lá ficava o velhinho sentado num banco de madeira,esculpindo as peças ali mesmo.Vimos de tudo,desde peças artesanais,até cachaças aos montes.Todas as barracas eram enfeitadas,vende-se de tudo.Comprei alguns condimentos,coisa que adoro,para quem gosta de cozinhar é um prato cheio.O box que vendia cestos,tb era muito atrativo,ah! quanta coisa linda esse nosso povo faz.Ao examinar uma sacola de palha trançada,eu a vi.Entre os cestos,havia uma pessoinha maravilhosa,logo que a vi me apaixonei por ela.Comecei a olhar para aquela carinha de anjo que estava a minha frente.Acho que olhei com tanta firmeza,que ela ao me ver com a máquina na mão,saiu em disparada.E eu mais ainda,larguei meu marido naquela confusão toda, e comecei a procurá-la,era mais ligeira do que eu.Sumiu...evaporou...no meio daquele povo todo, não consegui achá-la.Mas como a figura dela era diferente,logo encontrei-a novamente.Fiquei atrás de uma coluna,para vê-la melhor.Estava parada em frente ao açougue,namorando os filés de carne pendurados nos ganchos.Ah! que cena emocionante.Pude analisá-la melhor:Era uma senhorinha de 1,50...estava vestida simplesmente,comum a saia rodada,por baixo da saia vinha uma calça comprida e a saia no meio da canela.Vestia uma blusa de mangas compridas e por cima uma camiseta de malha com uma imagem do Sagrado Coração de Jesus estampado e em volta bordada com lantejoulas.Fiquei extasiada,no cabelo tinha um lencinho branco e um semblante maravilhoso.Vi de longe meu marido me acenando...mas nem liguei,fiquei ali parada tentando fotografá-la.Derrepente ela me viu de novo e saiu em disparada,e fui atrás.Perdi-a de novo...contei para meu marido e pedi que ele tivesse paciência,pois eu tinha que ver aquela pessoinha novamente.Encontrei-a finalmente,sabe onde?Numa banca de flores,comprando rosas...aí então não aguentei.Tinha que conhecê-la...me aproximei de mansinho e bati no ombro dela.Me apresentei,ela ficou acanhadíssima, abaixou a cabeça timidamente.Perguntei o nome dela,e ela me disse chamar Maria.Fiquei arrepiada,mas parecia mesmo a virgem Maria.Perguntei para quem era os dois buquês de rosas,e ela então disse que era para os santos dela.Me arrisquei um pouco mais e disse a ela que ela era muito linda.Ela ficou vermelha e deu um sorriso meio tímido.Perguntei então se eu podia fotografá-la,pois eu achava-a muito bonita.Ela então fez pose,me deu um sorriso com a boca fechada,pedi então que ela desse um sorriso de mineira maravilhosa,eis que ela sorriu meio que tímida,mas deu um belo sorriso.Fiquei tão emocionada, que acabei chorando...e ela tb se emocionou.Abracei-a e beijei o rosto dela, em agradecimento.Dei um tchau para ela,e percebi que ela ficou lá no meio me olhando com as flores na mão.Depois ao virar novamente,ela já havia ido embora,só vi o lencinho dela balançando sobre sua cabeça.Fiquei o dia inteiro pensando na velhinha e ao escrever esse conto, lembro dela com saudades,parece que estou vendo-a no meio daquela confusão de gente passeando aleatoriamente por entre tantas pessoas desconhecidas,com apenas um propósito:levar as florzinhas para Nossa Senhora,segurava os buquês como se estivesse carregando um troféu.

5 comentários:

Cláudia disse...

Sonia, que linda mais uma de suas viajens, como Minas é linda, não? Bem Brasil. As bonequinhas de palhas também existem em Curitiba e quando meu marido foi para lá, ele trouxe, mas são um pouco diferentes. Eu e uma amiga, fomo à pouco para Pedreira e ela comprou essas bonequinhas que vieram de Minas. São lindas!

bjs

Obs.: Não me esqueço de vc, viu Sônia, minha querida, um dia eu apareço aí na sua casa.

Sonia Novaes disse...

Claudia

Essas bonequinhas,fazem o maior sucesso lá em Minas.
Quando estive em Porto Alegre,tb comprei umas muito lindas.
faço coleção de mini bonecas,venha ver...
Bjs

Sonia Novaes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
goreti disse...

Sônia, descobri seu Blog, nas minhas andanças pela net, estou adorando o jeito como vc escreve, é tão doce o seu modo de falar das pessoas e dos lugares onde vc vai.
Adorei como falou da Dona Maria, que me senti como se estivesse presente, junto com vc vivenciando esse momento!
Obrigada

Sonia Novaes disse...

Goreti

Eu tinha mesmo que conhecer essa criatura maravilhosa.Até hoje lembro dela com carinho,e até dou risada de lembrar como a persegui no mercado,ficou assustada...rsss...mas depois sorriu para fazer a foto.
Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...